DND

16/11/05 at 23:15 (Uncategorized)

Esse fim de semana eu finalmente fui passar o tão planejado feriado com a Ana. Foi muito bom e com certeza criou momentos inesquecíveis (que nem sempre são bons :P ).

Fair & Friends

Sábado foi o primeiro dia que eu fui na Feira do Livro. É enorme, com várias editoras de lá, como a LP&M, além dos livros mainstream, tanto que todos os dias que fui lá, eu comprei alguma coisa. Além do mais, são necessários alguns dias para ver tudo. Sábado também foi o dia de conhecer alguns dos amigos da Ana – mesmo que por acaso – como a famosa Fer, de quem eu tanto ouvia falar. À noite, fomos na Cidade Baixa comer alguma coisa no Cavanhas, e eu conheci o Cristiano e a Mariana, além do Dudu, que eu já conhecia. Também serviu para eu ficar completamente viciado em Polar, e olha que eu nunca gostei muito de cerveja.

Bricabraques

Domingo eu pude conhecer o Parque da Redenção, lugar perfeito para andar de mão dada com a namorada :D e apreciar as várias paisagens dispostas. Eu devo dizer que adorei o jardim zen, por um momento me senti num mangá do Tezuka. Atravessando o parque, pude ver conhecer o famoso Brique, que basicamente uma feira de artesanato com antiguidades que se estende por uma rua inteira…ou seja, outro lugar para se gastar o dia inteiro olhandos coisinhas novas e antigas. Depois fomos tomar um café da Casa de Cultura Mário Quintana, que é linda, e mais Feira.

Momentos

Na segunda, passeamos um pouco num shopping perto do hotel, e adivinha o que fizemos? Sim, mais Feira, e nem por isso perdeu a graça. Mas a segunda-feira vai ser marcada por dois momentos:

  1. A mãe da Carolzinha, que nos lembra da infindável e incessante estupidez humana
  2. -Bêêm, bêêêêêêêêêm, tem subir por aquíííííí, viu?

Caaaan yooo diig aeeet?

No meu último dia de estadia em PoA, fomos na zona sul, para a pequena viagem até o Bologna, para nos refastelarmos no melhor estilo italiano. Quando voltamos, pudemos nos refazer assistindo ao clássico trash cult The Warriors, que como não podia deixar de ser, foi traduzido como Os Selvagens da Noite, porque afinal, The significa “Os Sel” e Warriors quer dizer “vagens da Noite”. Esta película nos faz entender várias coisas sobre os anos 70 e 80. Se você ainda não conhece esta maravilha da sétima arte, você precisa se perguntar: Whoo arre the Warrriorrs?

Finalmente

O motivo principal para essa andança toda, foi para comemorar nossos 2 meses de namoro :**

ps. Caso não tenha reparado, eu escrevi quase tudo no plural pois não desgrudei da minha linda ;-)

Anúncios

2 Comentários

  1. Roxy said,

    Tá quase gaúcho! Só falta aprender a gostar de futebol!

    Adorei o nosso final de semana, nenê! (mesmo os momentos ruins, porque só serviram pra mostrar o quanto a gente se entende)

    :*

  2. Oct said,

    Can you count, suckers? I say the world is ours… if you can count!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: