Meme de música

27/11/08 at 20:52 (pessoal) (, )

Mais um pegado da Kika. Escolha uma banda e responda todas as perguntas com títulos de músicas dessa banda, no meu caso, Dave Matthews Band:

1. É homem ou mulher
You Never Know

2. Descreva-se:
Smooth Rider

3. O que as pessoas acham de você?
Big Eyed Fish

4. Como você descreveria o seu último relacionamento?
Two Step

5. Descreva o estado atual da sua relação com a sua namorada ou pretendente?
Crash Into Me

6. Onde gostaria de estar agora?
Stolen Away On 55th & 3rd

7. O que pensa a respeito do amor?
Hunger For The Great Light

8. Como é a sua vida?
Steady as We Go

9. O que pediria, se pudesse ter só um desejo?
Dreamgirl

10. Escreva uma frase sábia
Pay For What You Get

Link permanente Deixe um comentário

Johann Gambolputty de von Ausfern Schplenden SchlitterCrasscrenbon Fried Digger Dingle Dangle Dongle Dungle Burstein von Knacker Thrasher Applebanger Horowitz Ticolensic Granderknotty Spelltinkle Grandlich Grumblemeyer Spelterwasser Kurstlich Himbleeisen Bahnwagen Gutenabend Bitte Ein Nürnburger Bratwustle Gerspurten Mitzweimache Luberhundsfut Gumberaber Shönedanker kalbsfleisch Mittleraucher von Hautkopft of Ulm

20/11/08 at 15:56 (pessoal) (, , )

9022903Agora tenta dizer isso três vezes. Essa é apenas uma das maravilhas do baú de sketches da primeira temporada de Monty Python Flying Circus. O que você está fazendo aí que ainda não assistiu? Ah, eles abriram um canal no YouTube também. Agora não tem mais desculpas.

Link permanente Deixe um comentário

Frase do dia 2: A Missão

19/11/08 at 14:24 (Uncategorized)

Passada pela Ana:

Former Arkansas Governor Mike Huckabee was on The View Tuesday talking about same-sex marriage and declaring that gay rights are not civil rights because gays have not had violence inflicted upon them like Blacks.

Uma lógica incontestável.

Link permanente Deixe um comentário

Frase do dia

19/11/08 at 9:38 (pessoal) ()

Okay,” they seem willing to admit, “Palin might be a little weak on foreign policy, domestic policy, energy policy, financial policy, the economy in general, the fundamental workings of the state and federal government, geography, rhetoric, history and basic grammar, but these are just gaps in her knowledge, easily fixable by a spending a few hours in front of Wikipedia or flipping through flash cards. They don’t in any way cast doubt in some fundamental way on her intellect or character.

Fantástico não é?

Tirado daqui.

Link permanente Deixe um comentário

Meme

18/11/08 at 20:36 (pessoal) ()

Fazia muito tempo que eu não passava uma adiante, então peguei essa com a Kika.

Onde está seu celular? Em cima da cama, mas normalmente no bolso da calça.

E a amada? Quem sabe eu já encontrei, né Kika?

Cor do cabelo? Castanho claro.

Sua mãe? Não sei aonde ela está.

Seu pai? É uma questão filosófica, com um pouco de sorte, em um plano de existência melhor.

Minhas irmãs? Tenho duas.

Seus filhos? Não tenho, mas se pudesse, tinha uma dúzia.

O que mais gosta de fazer? Comer, dormir e ler, não necessariamente nessa ordem.

O que você sonhou na noite passada? Com a poha do cliente que chamou no msn quando eu ia dormir.

Onde você está? No quarto.

Onde você gostaria de estar agora? Aqui, mas com uma certa companhia.

Onde você gostaria de estar daqui a seis anos? Casado e com um salário decente.

Onde você estava há seis anos? Num estágio muito do meia-boca, e recem-formado.

Onde você estava na noite passada? Aqui mesmo, jogando WoW pela última vez.

O que você não é? Desonesto.

O que você é? Franco, calmo, amigo e Grammar Nazi, apesar de ter escrito “disonesto” na resposta acima e corrigido pela Kika.

Objeto do desejo? Fiat Punto.

O que vai comprar hoje? Nada, mas tô pensando em trocar de celular.

Qual sua última compra? Compra gigante de livros na Amazon, que chega mês que vem

A última coisa que você fez? Fui na Nokia Store na Oscar Freire.

O que você está usando? Calça Jeans e camiseta.

Na TV? Chuck, How I Met Your Mother. Esperando ansiosamente por My Boys e BSG.

Seu cachorro? sem pets.

Seu computador? Muito bem, só a porcaria da HP laserjet que podia funcionar direito.

Seu humor? Cansado, mas animado com perspectivas futuras.

Com saudades de alguém? Sim, e do pessoal da Liga também.

Seu carro? Arranhado numa rampa cruel. Atualmente no mecânico

Perfume que está usando? Nenhum no momento. Gosto muito dos da Hugo Boss

Última coisa que comeu? 1 bola de Capuccino Caramel Truffle no Hagen Dasz da Bela Cintra.

Fome de quê? Nada em específico. Vou jantar daqui a pouco

Preguiça de? Ir na costureira do futuro fazer a barra da calça que eu comprei há *meses* atrás.

Próxima coisa que pretende comprar? Acho que o celular. Só não sei qual.

Seu verão? Reclamando do calor o tempo todo.

Ama alguém? Todos os meus amigos.

Quando foi a última vez que deu uma gargalhada? Hoje, no trabalho.

Quando chorou pela última vez? Quando assisti o desenho A Morte do Superman. Sim, eu sou coração mole.

Link permanente 1 Comentário

Lanfeust e Promethea

13/11/08 at 22:19 (pessoal) (, , )

lanfeust_capaDois títulos muito interessantes, embora bem diferentes entre si. Lanfeust é uma tradução da Devir de uma série francesa de fantasia aonde todas as pessoas têm poderes mágicos, e uma espécie muito rara de marfim pode conceder poderes ainda maiores ao protagonista da série. A história e o traço,  característicamente europeu, me deram uma impressão muito parecida dos primeiros volumes que eu li do Asterix, como se estivesse sendo apresentado a personagens capazes de aventuras tão interessantes quanto a dos gauleses. O Marfim do Magohamoth, primeiro de 8 volumes, nos apresenta ao mundo de Troy e seu habitantes. Eu gostei muito, apesar de ser só o primeiro volume, só falta saber se a Devir pretende traduzir o resto.

pixel_promethea_livro1Promethea, por outro lado, eu comprei unica e exclusivamente porque foi escrito pelo Alan Moore. Simples assim, sempre que eu vejo algo dele, eu compro e não tenho me arrependido até hoje (com exceção de Lost Girls). Essa mini-serie conta a historia de Sophie Bangs, estudante de faculdade em uma 1999 futurista que descobre que seu objeto de estudo, uma mistura de mitos, folclore e lendas urbanas existe e tem o poder de transformar certas pessoas em Promethea, a encarnação da imaginação humana, e para não ficar lisérgico demais elas chuta umas bundas de vez em quando. Uma ótima história, como só Moore consegue bolar, mas dependemos da Pixel para lançar os 4 volumes faltantes para fechar a história.

Link permanente Deixe um comentário

Heroes or Just Plain Stupid?

11/11/08 at 22:25 (pessoal) (, )

Eles conseguiram. Eu parei de assistir no meio da coisa. Esse post tem spoilers sobre a me%$@ do epi S03E08 de Heroes, esteja avisado. Continue lendo »

Link permanente Deixe um comentário

Ex Machina

7/11/08 at 18:06 (pessoal) ()

250px-ex_machina_the_first_hundred_daysFaça uma conta rápida: quantos superherois ou super grupos existem em nova york? Homem-aranha, Demolidor, os vingadores, os x-men, o justiceiro. No entanto, nenhum deles foi julgado capaz pelos editores da Marvel para salvar as torres gemeas do WTC. O que causa um sério furo na verosemelhança dos personagens. Como que a Rainha Branca não controlou a mente dos terroristas? Como a porcaria da SHIELD com o homem de ferro e tudo mais não conseguiram deter dois aviões meia-boca? A única resposta dada foi “ninguém pensou que isso ia acontecer”. Para pessoas normais, é um ótimo argumento, mas para quem lê mentes ou tem robos a sua disposicao é uma desculpa.
Talvez pensando por esse ângulo, Brian K. Vaughan resolve criar um personagem que consegue falar com qualquer máquina e resolve dar uma de super-herói. Único que resolve assumir a profissão nesse universo, resolve depois de um ano salvando pessoas de incêndios e coisas afim. Mas o seu maior feito foi ter salvo a torre sul do WTC. Depois dessa fama imediata, resolve que pode ajudar muito mais se fosse prefeito da cidade.  O personagem nos leva à todos os problemas que o cargo traz, mas também levanta ótimas discussões como liberdade de expressão para obras de arte subsidiadas pelo governo e o casamento gay. Ótima sugestão para quem quer escapar um pouco dos saturados mundos Marvel e DC. Os dois primeiros encadernados, Estado de Emergência e Símbolo estão à venda na Comix.

Link permanente Deixe um comentário

A Ficção Científica Brasileira existe

6/11/08 at 20:54 (pessoal) (, )

2505831Acabei de ler Fábulas do Tempo e da Eternidade, da Cristina Lasaitis. Meu primeiro contato com a ficção brasileira contemporânea. Tenho de dizer que foi uma ótima experiência. O livro é dividido em 12 contos que exploram futuros alternativos, viagem no tempo e outras formas não tão exatas. Eu diria que para um primeiro livro está muito bom. Enquanto o próximo livro não sai, tem sempre o blog dela.

Link permanente Deixe um comentário