Ex Machina

7/11/08 at 18:06 (pessoal) ()

250px-ex_machina_the_first_hundred_daysFaça uma conta rápida: quantos superherois ou super grupos existem em nova york? Homem-aranha, Demolidor, os vingadores, os x-men, o justiceiro. No entanto, nenhum deles foi julgado capaz pelos editores da Marvel para salvar as torres gemeas do WTC. O que causa um sério furo na verosemelhança dos personagens. Como que a Rainha Branca não controlou a mente dos terroristas? Como a porcaria da SHIELD com o homem de ferro e tudo mais não conseguiram deter dois aviões meia-boca? A única resposta dada foi “ninguém pensou que isso ia acontecer”. Para pessoas normais, é um ótimo argumento, mas para quem lê mentes ou tem robos a sua disposicao é uma desculpa.
Talvez pensando por esse ângulo, Brian K. Vaughan resolve criar um personagem que consegue falar com qualquer máquina e resolve dar uma de super-herói. Único que resolve assumir a profissão nesse universo, resolve depois de um ano salvando pessoas de incêndios e coisas afim. Mas o seu maior feito foi ter salvo a torre sul do WTC. Depois dessa fama imediata, resolve que pode ajudar muito mais se fosse prefeito da cidade.  O personagem nos leva à todos os problemas que o cargo traz, mas também levanta ótimas discussões como liberdade de expressão para obras de arte subsidiadas pelo governo e o casamento gay. Ótima sugestão para quem quer escapar um pouco dos saturados mundos Marvel e DC. Os dois primeiros encadernados, Estado de Emergência e Símbolo estão à venda na Comix.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: